Sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2012

Era bom.

 

Era bom que pudesse guardar certos sentimentos numa caixa pequena. Onde só os iria buscar quando tivesse a certeza que é aquilo que quero. 

Era bom que essa caixa pudesse realmente existir. Seria bom nela, também, poder guardar tudo o que me deixa num estado melancólico. Coisas do dia a dia, ou coisas que sempre estiveram cá dentro e eu nunca me consegui libertar. Coisas que nem me deviam afectar. Pequenas coisas. Grandes coisas. Coisas estúpidas, coisas reais. Coisas, apenas.

Aparentemente, pareço feliz. Só aparentemente. Mas já me habituei a sentir-me desta maneira, que aprendi a fingir. Fingir que estou bem. Há dias que isso não corre tão bem, mas há dias que eu me encaixo tanto na personagem, que acredito que sou mesmo feliz. Todavia basta-me olhar ao espelho, e isso desaparece. Por completo. E é parvo. É parva a maneira como o simples facto de me olhar ao espelho, me deixa infeliz. A maneira como ele salienta os meus defeitos assusta-me. Assusta-me.

E assusta-me devido ao sentir-me assim. Não deveria ser dessa maneira. Eu não julgo as pessoas dessa maneira. O exterior não é o que me faz gostar das pessoas de quem gosto. Mas parece-me que nesta sociedade, para estares entregada, tens de seguir os padrões. 

Eu não sigo os padrões. Nunca segui. Não sou magra, não sou loira, não sou alta, não tenho olhos azuis, não uso vestidos super cortinhos em dias que parece que vou congelar. 

E, deste modo, parece que, alheiamente, as pessoas olham para mim desconfiadamente. Já se riram de mim, muitas vezes. Não suporto isso. Irrita-me, porque isso me afecta. Não deveria. Não deveria importar-me. Deveria ignorar, porém já vem de há tanto tempo, que certas coisas permanecem aqui. E temo que sempre permanecerão.

música: You - The pretty Reckless
publicado por maguie. às 22:37
link | comentar | favorito
21 comentários:
De Miriam ∞ a 17 de Fevereiro de 2012
é mesmo!


- quem me dera que existisse mesmo um caixa onde guardássemos os sentimentos, e que o que os outros dizem pensam e isso tudo me afectassem menos.   
De Dri a 17 de Fevereiro de 2012
:D POIS É
De Beatriz a 17 de Fevereiro de 2012
obrigada :) Bonito texto.
De MJ* a 17 de Fevereiro de 2012
valoriza-te Maguie!
tu és muito mais do que aquilo que pensas, e não digo isto só por dizer, acredita!
e se te sentes fora dos padrões... AINDA BEM! significa que não és como o resto: comum, desinteressante e sempre repetitivo.
mentaliza-te, és maravilhosa por fora e perfeita  por dentro! ;)
De Beatriz a 17 de Fevereiro de 2012
Linda música.
De Beatriz a 17 de Fevereiro de 2012
Ora essa :D
De i. a 18 de Fevereiro de 2012
sabes? lá por não seguires os padrões e por não seres a tipíca rapariga que é considerada "wow", isso não significa que não sejas bonita. eu, pessoalmente, prefiro mil vezes as morenas ás loiras. e prefiro ver uma rapariga mais larguinha (de ancas) do que uma que é só pele e ossos!
De i. a 18 de Fevereiro de 2012
não considero isso beleza, mas pronto, são opiniões :p
De тιago a 18 de Fevereiro de 2012
eu já li ontem,  e já falamos sobre isto, portanto fico à espera da realização do desafio que aceitaste para depois me pronunciar melhor (:
De Teresa Isabel Silva a 18 de Fevereiro de 2012

Tens toda a razão, mas infelismente os sentimentos nunca ficam muito tempo dentro das caixas por muito que queiramos...
Bjxxx

Comentar post