Domingo, 19 de Fevereiro de 2012

Someone told me to do, so here it is.

 

 

 

 Houve alguém, um rapaz, que me propôs um desafio: tenho de enumerar as dez coisas que mais gosto em mim. Eu aceitei, embora não sabendo o que iria escrever. Vamos lá ver o que vai sair daqui. Provavelmente não vai sair nada de especial, nem nada do que ele está à espera. Vejamos:

Em mim, fisicamente, só gosto do meu cabelo. Talvez porque é o que me distingue um bocado das outras pessoas. Não que ele seja algo muito especial, mas apenas gosto.

Eu gosto do facto de ser teimosa. Gosto de persistir, e só desisto quando já não dá mais. Eu até poderei dizer que estou farta e tudo mais, mas eu vou continuar. Isto também depende dos dias. Mas se até agora estou aqui, é porque realmente valeu a pena continuar, mesmo com tudo de penoso que a vida me traz. E, realmente, eu gosto disso em mim.

O facto de nunca me arrepender de nada, também é um dos aspectos de que gosto em mim. Se eu algum dia o fiz, é porque naquele momento parecia-me o correcto. Até nem poderia o ser, mas para quê que estarei a chorar sobre leite derramado? Tenho é de continuar em frente.

Gosto do poder de intuição que tenho. Normalmente, quando digo alguma coisa ela irá acontecer. Seja onde for. Se eu digo, por exemplo, que vou tirar má nota, é o que acontece. Tenho bem a noção do que faço nesse tipo de coisas.

Faço de tudo para ver os meus amigos bem. Até me posso magoar, ajudando-os a eles, mas nada sabe tão bem como ver um sorriso verdadeiro nas suas caras. E eu gosto disso em mim, porque sinto-me realizada, e feliz.

Eu tenho sempre a mania de ver sempre o lado bom das coisas. E eu gosto disso, pois imaginem se eu só visse o lado mau? Estaria bem pior do que estou agora, por exemplo. E de uma vez por todas acho que toda a gente deveria fazer o mesmo. Nem todas as pessoas são maldosas, nem tudo tem um lado mau. Podem aparentar o ser, mas se nós quisermos conseguimos despertar o seu lado bom.

Outra coisa em mim que eu gosto, é que eu tenho a capacidade de admitir os meus erros. Posso não ter a noção, mas se me fizeres ver o mal que fiz, pedirei mil desculpas. Não tenho problemas em o pedir, se errei. Eu sei que uma simples palavra pode até nem mudar nada, mas mostra o quanto estou arrependida. Digamos, então, que não sou uma pessoa muito orgulhosa, e isso agrada-me.

Eu mostrarei sempre os meus sentimentos por alguém, seja amizade, seja amor, brincando e gozando. Ou seja, se eu gosto de ti eu vou bater-te, eu vou insultar-te, eu vou gozar contigo com tudo o que puder. Mas tu saberás o que sinto por ti, se me conheceres bem. É estranho, eu sei. Ainda é mais estranho porque estou a escrever isto num desafio onde tenho de falar as 10 coisas que mais gosto em mim, mas eu gosto que as pessoas se lembrem de mim como uma pessoa alegre e que faça rir. Eu sei que os meus últimos posts têm sido um pouco melancólicos e tudo mais, mas são fases. Oxalá, esta também passe.

Falando em alegria e rir, eu gosto de fazer os meus amigos darem gargalhadas. Nem que seja com as coisas mais parvas que existam. A maioria das vezes é. Que o diga as pessoas que estão sempre comigo. Vá, digam-me, não são as coisas mais parvas da vida que mais nos fazem felizes? 

E cheguei à ultima coisa que gosto em mim, destas dez. Eu gosto da minha sinceridade. Se gosto de ti, eu te mostrarei. Se não gosto, o mesmo farei, subtilmente. Nunca sendo mal educada, porém, possivelmente, perceberás isso, através de pequenas coisas. Não sou de fingir sentimentos, lamento. E eu gosto desta minha forma de ser, porque no meio de tanta falsidade que existe no mundo, eu tentarei marcar sempre a diferença. 

música: Love song - Adele
publicado por maguie. às 15:31
link do post | comentar | favorito
42 comentários:
De Miriam Manson a 19 de Fevereiro de 2012 às 15:42
Quem me dera ter a tua capacidade de ver as minhas virtudes. Ainda bem que gostas de ser como és.
De Miriam Manson a 19 de Fevereiro de 2012 às 15:44
Obviamente, não me vou suicidar, e se me suicidar, não é por a minha vida ser problemática, é mesmo porque eu tenho desejos macabros e sanguinários.
De Miriam Manson a 19 de Fevereiro de 2012 às 15:47
Se gostas de sangue, então vamos ser grandes amigas (espero eu)!
De MJ* a 19 de Fevereiro de 2012 às 16:09
lindo!
acho muito bem Maguie que saibas as qualidades que tens! apesar de que tens ainda muitas mais...
De horror cat a 19 de Fevereiro de 2012 às 18:10
obrigada :D
De Annye . a 19 de Fevereiro de 2012 às 18:49
eu certezas ñ tenho, pq até já tive mais inclinada para o blogspot do q agora. de qualquer das maneiras, ainda ñ tenho decisão tomada. oh, q querida :3


identifico-me bastante contigo, segundo o post :)
De * wild * a 19 de Fevereiro de 2012 às 20:52
Muito bem muito bem :D
Podes crer, a tua forma de demonstrares o teu amor é deveras estranha -.- sempre a bater-me, nossa! ahahah
De Soph a 19 de Fevereiro de 2012 às 21:19
eheh x) isso das dez coisas é giro, talvez faça um dia xp
De тιago a 19 de Fevereiro de 2012 às 21:34
eu acho que sei porquê que esse rapaz te propôs este desafio. Talvez para tu veres que aquilo que gostas em ti são coisas que te fazem feliz, e que deves fazer por te importar pouco com o que menos de teu gostas, ou procurar mudar. E também para para te valorizares mais, para que os momentos menos bons em que te sentes mal contigo mesma sejam muito menos frequentes. 
eu gostei da lista, de consequentemente te conhecer melhor e também de ver que temos alguns pontos em comum ;)
De MJ* a 19 de Fevereiro de 2012 às 22:05
yap, já nadei com a Cassandra da tua turma, acho.
-
claro que tens, só que insistes em não vê-las!

Comentar post